Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > FUNASE # > Artigos publicados > Fundaj nos Jornais > Fundaj nos Jornais > 30 DE SETEMBRO DE 2014
Início do conteúdo da página

30 DE SETEMBRO DE 2014

Publicado: Terça, 30 de Setembro de 2014, 10h09 | Última atualização em Quinta, 20 de Dezembro de 2018, 21h22 | Acessos: 1031

Clipagem ASCOM
Recife, 30 de setembro de 2014

 

:: Jornal do Commercio

Caderno C

Curta Somewhere ganha o Animage

Ao final da sexta edição do Animage, as sagas espaciais conquistaram o público e júri especializado, levando os melhores prêmios do festival. Enquanto o curta minimalista Somewhere ganhou os prêmios de Melhor Direção e Grande Prêmio Animage de Melhor Filme, o júri popular escolheu a produção We cant live without cosmos, do russo Konstantin Bronzit. Ambientadas no espaço, ambas as histórias fazem parte de um universo de 611 inscrições de curtas metragens para a Mostra Competitiva do Animage as produções originam-se de 52 países.

No penúltimo dia de evento, o público do Cinema São Luiz assistiu as animações geradas nas oficinas audiovisuais do Animage, cujas técnicas variavam entre stop motion, vinil e mini desenho animado. Inspirado na oficina realizada na edição 2013 do festival, o curta Fluxos, do amazonense radicado no Ceará Diego Akel, ganhou menção especial do Júri. O outro filme nacional a ser premiado é Viagem na Chuva, de Wesley Rodrigues, com o prêmio de Melhor Filme Brasileiro.

O festival alcançou 4.650 espectadores divididos entre as salas do Cinema São Luiz, do Cinema da Fundação e da Caixa Cultural Recife. Ao ar livre, na Mostra Parque realizada no Alto José do Pinho, na Praça do Carmo e no Parque da Jaqueira, cerca de 1.200 adultos e crianças tiveram acesso às produções. Somando aos 3.450 visitantes das exposições Kali, o pequeno vampiro e a homenagem ao centenário de Norman McLaren, estima-se que mais de 9 mil pessoas orbitaram nos 13 dias do festival Animage.

 

Caderno C

Cinema

Riocorrente (BRA,2013) - De Paulo Sacramento. Cinema da Fundação - 20h20. Drama. 16 anos.

Miss Violence (GRE, 2014) – De Alexandros Avanas. Cinema da Fundação – 16h; 18h10. Drama. 18 anos.

 

:: Folha de Pernambuco

Guia Folha

Roteirão

Cinema

Miss Violence / De Alexandros Avranas. Com Themis Panou, Reni Pitakki, Eleni Roussinou, Sissy Toumasi. No dia de seu aniversário de 11 anos, Angeliki pula da sacada e morre com um sorriso no rosto. Enquanto a polícia e o serviço social tentam descobrir a razão para o aparente suicídio, a família da menina insiste que foi tudo acidente. Cinema da Fundação: 18h40. 18 anos.

 

:: Diário de Pernambuco

Viver

Cinema

Miss Violence – 18 anos. Cinema da Fundação. 16h, 18h10.

Riocorrente – 16 anos. Cinema da Fundação. 20h20.

Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.