Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Engenho Massangana promove Semana de Férias com brincadeiras e oficinas
Início do conteúdo da página

Engenho Massangana promove Semana de Férias com brincadeiras e oficinas

Publicado: Terça, 14 de Janeiro de 2020, 16h15 | Última atualização em Terça, 14 de Janeiro de 2020, 17h03 | Acessos: 649

Programação é gratuita e acontece de 21 a 25 de janeiro, no equipamento cultural, localizado no Cabo de Santo Agostinho. As inscrições são feitas no local.

Neste período do ano, as férias escolares deixam a meninada ociosa. Pensando nisso, o Engenho Massangana, no Cabo de Santo Agostinho preparou cinco dias recheados de atividades gratuitas para o público de 3 a 13 anos. Oficinas de confecção de brinquedos, confecção de máscaras e brincadeiras populares fazem parte da programação. No intuito de desenvolver habilidades e competências como coordenação motora (motricidade fina e ampla), concentração e criatividade, de 21 a 25 de janeiro, o Educativo do Museu está de portas abertas para receber o público que deseja participar das atividades.

“Temos uma área externa de 10 hectares, onde as crianças participarão das atividades com a temática de meio ambiente, identidade, pertencimento, história e educação”, afirmou a coordenadora do Educativo do Museu, Edna Silva.

As brincadeiras populares utilizarão de brinquedos como, bolas de gude, de futebol e bambolês para animar a criançada. Já a Oficina de Confecção de brinquedos vai ensinar ao público a produzir com material de reciclagem. E a Oficina de Confecção de Máscaras, despertará a criatividade. Os participantes poderão pintar e enfeitar os moldes de papel com tintas, bexiga e lantejoulas. As inscrições são feitas na hora

Oficina “Migrantes: do mar mangue ao rio sertão”

Integrando a programação de férias no Engenho Massangana, o Museu do Homem do Nordeste dá continuidade à oficina “Migrantes: do mar mangue ao rio sertão” entre os dias 16 e 18 de janeiro. Com a iniciativa da Coordenação de Ações Educativas e mediação do arte educador Sílvio Ribeiro (Coletivo Bagaço), a atividade é voltada para educadores da Casa e externos. A classificação indicativa é a partir dos 16 anos.

O objetivo da oficina é proporcionar uma leitura sobre o Nordeste, através do circuito de experiências vivido pelo Coletivo Bagaço - fundado por Sílvio Ribeiro. Com nove anos de atuação e pesquisa, o grupo impulsionará um debate que visa responder, ao final, “Quem é o homem do Nordeste?” e “O que seria o Nordeste?”

Com 20 vagas ofertadas, as inscrições estão sendo realizadas pelo e-mail educativo.museudohomem@fundaj.gov.br ou pelo telefone (81) 3073-6385. É importante enviar o nome completo. Ao final, cada participante terá que construir um caderno estilizado, recorrendo aos temas debatidos. A recomendação é que as roupas utilizadas durante os encontros sejam confortáveis e possam ser manchadas de tinta.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.