Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Fundaj expõe projeto literário de valorização e preservação dos bairros do Recife na Fenahall
Início do conteúdo da página

Fundaj expõe projeto literário de valorização e preservação dos bairros do Recife na Fenahall

Publicado: Quarta, 15 de Janeiro de 2020, 15h07 | Última atualização em Quarta, 15 de Janeiro de 2020, 16h54 | Acessos: 634

"Interagindo com a História do Seu Bairro" foi criado pela Biblioteca Blanche Knopf em parceria com o Programa Manuel Bandeira de Formação de Leitores

Com o objetivo de expandir suas ações e alcançar um novo público, o projeto literário "Interagindo com a História do Seu Bairro" - criado em 2016 pela Biblioteca Blanche Knopf, da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj), em parceria com o Programa Manuel Bandeira de Formação de Leitores (PMBFL), da Prefeitura da Cidade do Recife - é apresentado na 17ª edição da Fenahall, no Classic Hall, em Olinda.

Realizado por estudantes, professores e agentes de bibliotecas de escolas municipais e estaduais do Recife, o projeto resultou no livro "Para Ler o Seu Bairro". Publicada em setembro de 2018 pela Editora Massangana, da Fundação Joaquim Nabuco, a obra também foi lançada na feira nacional de artesanato.

"Esse projeto sempre deu surpresas e retornos maravilhosos: do evento de lançamento do primeiro livro impresso à exposição numa das maiores feiras de artes do Estado. Fiquei muito feliz e emocionada por ver os textos e os desenhos dos estudantes valorizados", destacou Rosália Cristina, mediadora de leitura da Biblioteca Gilberto Freyre, na Escola Municipal Waldemar Valente, que estava presente no evento.

O "Interagindo com a História do seu Bairro" trata-se de uma pesquisa de campo voltada para educação, cultura e cidadania. Com a missão de fazer com que as crianças valorizem suas respectivas localidades e preservem os espaços públicos da cidade do Recife, o projeto abriga os bairros Cabanga, Guabiraba, Mangabeira, Iputinga, Várzea, Boa Viagem, Campo Grande, Mustardinha, Jardim São Paulo, Alto José do Pinho, Jordão, San Martin, Sítios dos Pintos, Engenho do Meio, Campina do Barreto, Casa Amarela, Ibura, Imbiribeira, San Martin, Santo Amaro, Estância, Coque, Macaxeira, Pina, Sancho, Torreão e Torrões.

"O projeto tem um caráter de busca de um pertencimento com a comunidade na qual o estudante está inserido. O reconhecimento de suas identidades culturais e sociais é fundamental para os estudantes. Estamos sempre procurando uma renovação. Isso para as professoras é motivo de alegria, segurança e estímulo para novas ações", afirmou Rosália.

Nascida e crescida no bairro da Mustardinha, Mariana Barbosa ouviu falar do livro e quis conferir pessoalmente. Segundo ela, a tarde foi ganha com a revisitação: “Essas histórias me deram muita saudade. Aqui a gente encontra locais como o Centro Comunitário da Mustadinha, e me lembrou da época em que eu fazia cursos por lá. Tem trambém o Clube Lenhadores, que até hoje vou para dançar. Foi muito gostoso e emocionante ler isso."

A obra pode ser adquirida na sede da Editora Massangana, 3º andar do edifício Paulo Guerra na Fundaj Casa Forte, a valor simbólico.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.