Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Imprensa > Inauguração dos ecopontos de descarte ecológico aconteceu nesta quinta-feira
Início do conteúdo da página

Inauguração dos ecopontos de descarte ecológico aconteceu nesta quinta-feira

Publicado: Quinta, 14 de Outubro de 2021, 13h04 | Última atualização em Quinta, 14 de Outubro de 2021, 13h06 | Acessos: 122

Ação tem como parceiro o Instituto de Inovação e Economia Circular

A Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) em acordo de cooperação técnica com o Instituto de Inovação e Economia Circular realiza às 10h desta quinta-feira (14), Dia Internacional do Lixo Eletrônico, a inauguração dos ecopontos de coleta de lixo eletrônico nos seus campi de Casa Forte e Derby. Sendo essa mais uma iniciativa do Projeto Fundaj Sustentável, o evento de abertura ocorre no jardim do Museu do Homem do Nordeste, próximo ao mural de Brennand, contando com a presença do diretor de Planejamento e Administração (Diplad), Allan Araújo, assim como do diretor presidente do Instituto-IEC, Domingos Sávio de França.

Para Allan Araújo, os pontos de entrega voluntárias para reciclagem são essenciais no atual contexto social. “O Brasil é o quinto maior gerador de lixo eletrônico no mundo. Essa iniciativa faz parte de um plano de ações que prevê a preservação do meio ambiente”, afirmou. “Os ecopontos vão servir não só para a Fundaj fazer o descarte ecologicamente correto dos lixos eletrônicos, como também das comunidades no entorno da região. Além disso, muitos dos materiais reciclados são recondicionados para comercialização, o que é importante para o estímulo da economia circular”.

O diretor-presidente do Instituto-IEC, Domingos Sávio, reforça a importância da ação sustentável realizada pela Fundação. “O lixo eletrônico é o resíduo que mais cresce por ano, quase três vezes mais que os demais materiais”, frisa. “Movimentos como esse promovido pela Fundaj são ações concretas para minimizar o descarte desses materiais de maneira indevida e fazer sua parte internamente, além de abrir espaço para que a população também possa participar do descarte desses materiais”, acrescenta Domingos.

Os ecopontos de descarte fazem parte das medidas sustentáveis que a Fundação deve tomar a partir dessas ações ecológicas, em conjunto com a adoção de documentação eletrônica, eliminando a impressão de relatórios e textos; campanha educativa com os servidores, terceirizados e estagiários sobre economia de energia elétrica e papel, além da distribuição de canecas reutilizáveis para os colaboradores da instituição, eliminando gradualmente o uso de copos descartáveis no ambiente. Ao visar a conscientização coletiva sobre a importância de juntar todos os eletroeletrônicos, pilhas e baterias portáteis que não são mais utilizáveis dentro de casa, a iniciativa sustentável da Fundaj também estará aberta ao público, para que dessa forma seja possível existir uma maior adesão à reciclagem desses produtos descartados.

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.