Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Pesquisas em 2010- Atualmente > Ensino Médio no Nordeste: desafios à qualificação do trabalho docente (Wilson Fusco), 2017 - 2020.
Início do conteúdo da página

Ensino Médio no Nordeste: desafios à qualificação do trabalho docente (Wilson Fusco), 2017 - 2020.

Publicado: Quinta, 08 de Abril de 2021, 10h24 | Última atualização em Quinta, 08 de Abril de 2021, 11h16 | Acessos: 249

Nome da Pesquisa: Ensino Médio no Nordeste: desafios à qualificação do trabalho docente

Data: 2017 - 2020

Instituição Financeira: Fundaj

Equipe de Pesquisa: Dr. Alexandre Zarias, Dr. Allan Rodrigo Arantes Monteiro, Drª. Cátia Wanderley Lubambo, Drª. Darcilene Cláudio Gomes, Dr. Morvan de Mello Moreira, Drª. Suiany Carvalho Padilha, MSc. Túlio Velho Barreto, Drª. Verônica Soares Fernandes, Drª. Zarah Barbosa Lira.

Colaboradores Externos: Dr. Járvis Campos – Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Ricardo Ojima - Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Drª.Silvana Nunes de Queiroz – Universidade Regional do Cariri

Coordenador: Dr. Wilson Fusco

Resumo:

A pesquisa teve por objetivo elaborar um diagnóstico a respeito da formação acadêmica e do componente curricular da disciplina que leciona o docente no ensino médio no Nordeste brasileiro, com vistas ao atingimento das metas 15 e 16 do Plano Nacional de Educação (PNE 2014-2024, Lei n. 13005, de 25 de junho de 2014) do Ministério da Educação (MEC). Para tanto, foram utilizados microdados do Censo Escolar do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). Por meio de uma análise espaço-temporal, de 2010 a 2015, considerando as informações de forma agregada dos municípios nas microrregiões (segundo a definição do IBGE) e nos estados da Região Nordeste, pretendeu-se explorar as variáveis apontadas como de maior relevância para os resultados desta proposta. Foram montadas bases de dados específicas para cada ano e censo respectivo. Para os registros dos docentes, em cada ano, foram selecionadas variáveis de interesse, tais como sexo, idade, curso de formação, tipo administrativo e lugar do estabelecimento de ensino, regime de contratação, disciplinas ensinadas, entre outras. Construídas tais bases, foram realizados os procedimentos próprios da análise estatística descritiva. A análise das informações produzidas resultou na elaboração de perfis dos professores no ensino médio na Região Nordeste, assim como foi possível observar sua transformação ao longo dos anos.

Os resultados apresentados são consequência de uma expansão aprimorada do projeto “O licenciado em Ciências Sociais e sua atuação profissional em Pernambuco”, financiado pela Fundação de Amparo à Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Edital Facepe 20/2014 APQ - 11207.02/15), que foi finalizado em 2017. Tratou-se de articular e ampliar estudos cujos resultados iniciais mostraram a relevância de se incluir as atuações de docentes em um grupo maior de componentes curriculares do ensino médio, e em todas as Unidades da Federação da Região Nordeste. A equipe desta pesquisa contou com 12 pesquisadores, três alunos de mestrado e doutorado, sete bolsistas Pibic e dois estagiários.

Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.