Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Pesquisas Concluídas > 2000 – 2009 > À flor da pele - A violência do preconceito, dirigido às crianças negras na escola (Waléria Menezes) ,2003
Início do conteúdo da página

À flor da pele - A violência do preconceito, dirigido às crianças negras na escola (Waléria Menezes) ,2003

Publicado: Quinta, 05 de Outubro de 2017, 13h37 | Última atualização em Quinta, 25 de Abril de 2019, 10h41 | Acessos: 757

Nome da pesquisa: À flor da pele - A violência do preconceito, dirigido às crianças negras na escola

Ano: 2003

Coordenadora: Waléria Menezes 

Equipe de Pesquisa:  Waléria Menezes

Instituições Financiadoras: FUNDAJ

Resumo: O presente estudo buscou compreender como se constroem as relações raciais no espaço escolar e como isso repercute na construção da identidade de crianças negras com idade entre nove e onze anos, que estão cursando o Ensino Fundamental 1 de uma escola pública. Um outro sujeito incluído na amostra foi o professor, isso se deve ao reconhecimento da sua importância na construção das relações interétnicas,rompendo com a lógica racista que segrega, exclui a população negra. A metodologia adotada foi do tipo qualitativa, incluindo nos instrumentos de coleta de dados questionários e entrevistas semi-estruturadas. Para chegar ao objetivo foi observado como as relações entre as crianças brancas e negras eram estabelecidas, e qual o discurso/postura do professor sobre situações tensionais dentro e fora da sala de aula. Foi percebida a falta de reconhecimento dos educadores da escola como um espaço de descriminalização racial, levando, que muitas situações preconceituosas ficassem sem uma intervenção adequada, gerando a exclusão das crianças negras do espaço escolar. Ao final da pesquisa, foi realizada uma oficina de trabalho com os professores, que tanto pudesse dar um retorno dos resultados encontrados, quanto familiarizar os professores com a temática racial, destacando a sua importância da quebra da lógica racista.

Palavras-chave: Preconceito Racial; Criança Negra; Educação; Professor

pdf_button Download

Fim do conteúdo da página

Nós usamos cookies para melhorar sua experiência de navegação no portal. Ao utilizar o fundaj.gov.br, você concorda com a política de monitoramento de cookies. Para ter mais informações sobre como isso é feito, acesse Política de privacidade. Se você concorda, clique em ACEITO.